Escolha uma Página

O tráfego digital nada mais é do que a movimentação dos usuários por páginas na internet. Basicamente, quanto mais tráfego você tem, maior é a visibilidade do seu negócio, produto ou serviço. E quanto mais pessoas, maior são as chances de conversão em vendas.

Resposta simples e direta, mas que não basta. É importante saber como gerar e gerenciar o tráfego, quais são os tipos de tráfego web e como acertar na escolha dos melhores canais online para seu negócio. Tudo isso para conquistar um tráfego satisfatório. Veja mais sobre o assunto a seguir!

Como gerar tráfego

Mas, afinal, como gerar tráfego? Bem, você pode apostar em várias estratégias para obter o resultado que espera. Você pode usar as redes sociais, ao anunciar.

Ou ainda, otimizar o seu site para gerar tráfego orgânico, já que quando as pessoas encontram o que precisam, tendem a navegar por mais tempo em uma página. E ainda pagar para atrair mais pessoas para sua página. Contudo, é preciso entender bem como cada uma dessas alternativas funciona antes de investir.

Quais são os principais tipos de tráfego

Existem vários tipos de tráfego digital. Mas esses três são os principais e mais vantajosos. Confira!

1. Tráfego pago

O tráfego pago é aquele no qual você aplica dinheiro para anunciar ou fazer links patrocinados. Seus resultados são praticamente imediatos.

2. Tráfego orgânico

O tráfego orgânico não requer pagamento. Ele ocorre naturalmente, quando um usuário tem a necessidade daquilo que você vende e busca por isso no Google. Daí a importância de estar bem-posicionado nos resultados.

3. Tráfego social

O tráfego social, por sua vez, é proveniente das redes sociais. Ou seja, de anúncios ou buscas realizados por lá. Lembre-se de que boa parte do tempo que um usuário passa na internet é acessando redes sociais, portanto ele é bastante eficiente.

Como escolher o melhor canal de tráfego

Agora que você já sabe como gerar tráfego na internet, vale a pena entender como escolher o melhor canal para essa finalidade. Com os três passos a seguir, você pode acertar nessa missão.

Defina uma persona

Primeiro, defina uma persona para seu negócio. Ela corresponde ao seu cliente ideal, ou seja, aquele que você deseja conquistar e converter. Pense em idade, profissão, hábitos, preferências e na maneira como ele chegaria até seu produto ou serviço.

Entenda seu público

Parte da definição da persona depende do entendimento que você tem de seu público-alvo. Portanto, estude bastante sobre quem você deseja atingir e como quer fazer isso.

Teste os tipos de tráfegos 

Deixe o achismo de lado. O ideal é testar os tipos de tráfego digital para encontrar o que melhor se encaixa em seu site. Mensure, observe resultados e faça comparações para descobrir onde teve o melhor retorno. Logo mais falaremos sobre fontes de tráfego e analises no Google Analytics.

Tráfego na página de vendas online 

Por fim, não se esqueça de que criar uma página de vendas online é o primeiro passo para impulsionar suas vendas e principalmente sua conversão de leads. Porém, de nada adianta apenas deixá-la no ar.

É muito importante que você realmente se dedique a gerar tráfego e acompanhe de perto números e análises. Assim, você saberá o que otimizar para atrair o cliente, o que ele realmente procura ao acessar seu site e o que fazer para que ele realmente encontre a solução que espera. 

Como você pode perceber, é indispensável fazer a gestão de tráfego digital e se atentar para os canais de tráfego que você utiliza em sua página. Somente assim você conseguirá se posicionar bem na internet e se conectar com seus clientes de maneira efetiva.

E como anunciar é uma das fontes de tráfego mais populares, o que acha de se aprofundar mais a respeito do assunto? Confira porque aparecer no Google é garantia de negócio e invista!